sábado, 27 de junho de 2015

Quem é Goro - Mortal Kombat

Goro é um dos personagens originais de Mortal Kombat, aparecendo logo no primeiro jogo como o sub-boss. Ele também aparece na versão de console de Mortal Kombat 4 como o sub-boss. Ele se tornou um personagem jogável na versão de Game Boy de Mortal Kombat. Ele é um guerreiro Shokan de quatro braços que foi campeão invicto do torneio do Mortal Kombat por nove gerações, sem sofrer uma derrota por 500 anos. Goro é um dos guerreiros favoritos de Shao Kahn por causa do seu poder e brutalidade. Goro ajudou o imperador na invasão ao Plano Terreno, mas acabou perdendo para Liu Kang no décimo torneio, que também derrotou o feiticeiro Shang Tsung e o próprio Shao Kahn.

História
Timeline Original
Mortal Kombat
Um membro da raça de quatro-braços dos Shokans, Goro se tornou o Grande Campeão do torneio do Mortal Kombat depois de derrotar o Grande Kung Lao (Great Kung Lao, ancestral de Kung Lao, Kung Jin e Liu Kang e campeão do torneio até antes dos acontecimentos do primeiro jogo). Por 500 anos ele permaneceu invicto e ajudou Shang Tsung a tornar o plano de dominação de Shao Kahn em realidade. Em sua décima defesa de  título contudo, ele perdeu para Liu Kang, um guerreiro shaolin escolhido pela Sociedade do Lotus Branco. Após uma difícil batalha, Kang conseguiu levar o guerreiro Shokan ao seu limite e derrota-lo.
Mortal Kombat 4
Depois de se recuperar com a ajuda da magia de Shao Kahn. Goro desafiou Liu Kang para mais uma luta, mas perdeu novamente. Apesar de ter o sentimento de vingança por suas derrotar para Liu Kang, Goro começou a ter interesse pelas batalhas de sua própria raça e ajudou seus companheiros Shokans a derrotarem os Centauros. Kitana interviu e negociou com as duas raças para formar um tratado de paz. Durante a negociação, Kung Lao apareceu e desafiou Goro. Ele queria matar Goro para vingar a derrota do seu ancestral, o Grande Kung Lao.
Kung Lao cortou o peito de Goro com seu chapéu, deixando uma cicatriz. Ja que a situação era uma cerimônia, Kung Lao deixou seu objetivo de lado e apertou a mão de Goro. Quando Shinnok e sua legião foram derrotados e Edenia foi libertada, Goro e a raça dos Shokans decidiram se aliar aos edenianos. Como parte do acordo para a parceria, Goro concordou com o tratado de paz com os Centauros.
Mortal Kombat: Deadly Alliance
Anos depois, durante os eventos de Deadly Alliance, os Shokans e o exército de Edenia marcharam contra o exército enfraquecido de Shao Kahn. Goro estava exausto por causa das batalhas e foi golpeado pelas costas por Noob Saibot. Ele foi mortalmente ferido e aparentemente estava morrendo por causa do ferimento. Então a Princesa Kitana preparou um funeral digno para o ex aliado. Contudo, Goro conseguiu sobreviver, sendo salvo da morte pelo próprio Shao Kahn, que ofereceu levar os Shokans de volta para sua antiga glória e banir os centauros em troca de uma aliança.
Concordando com os termos, Goro colocou seu selo real próximo de um Shokan morto e desfigurado (que a Kitana e seus aliados pensaram ser ele), e se aliou á Shao Kahn.
Mortal Kombat Armageddon
Goro ajudou Shao Kahn a se tornar o imperador do Outworld novamente. Ao lado de Shang Tsung, Goro levou Shao Kahn á sua antiga fortaleza, que estava sendo ocupada pelo exército de Edenia liderado por Mileena. Os três destruíram todos aqueles que defendiam a fortaleza, e sua força combinada derrubou facilmente a porta reforçada que protegia a sala do trono. Mileena então se rendeu, e Shao Kahn se tornou o imperador do Outworld novamente.
Mais tarde, Goro foi confrontado por Taven na Fortaleza de Shao Kahn. O semideus edeniano queria matar Quan Chi, mas para isso ele teria que passar por Goro primeiro. Taven conseguiu derrotar Goro, que ficou com seu orgulho ferido, e disse á Taven que se eles se encontrassem em uma batalha, ele não seria tão sortudo. Goro acabou morto em algum momento durante a Batalha do Armageddon.
Nova Timeline
Mortal Kombat 9
Goro celebrou as nova vitórias consecutivas que trouxeram honra aos Shokans. Ele entrou no torneio do Mortal Kombat para representar o Outworld e ajudar o imperador Shao Kahn a atingir seu objetivo: dominar o Plano Terreno.
Goro apareceu em seu covil onde confrontou o ultimo guerreiro do Plano Terreno que restava, Liu Kang. Apesar de Goro ser considerado um grande guerreiro e ter uma enorme experiência de luta, ele acabou sendo derrotado por Liu Kang, que mais tarde derrotou o feiticeiro Shang Tsung, vencendo o torneio e garantindo a liberdade do Plano Terreno.
Mais tarde Goro encontra Liu Kang na Torre procurando por Kitana, Goro tentou enfrentar Liu Kang mas acabou confrontando Kung Lao, que o derrotou e vingou a morte de seu ancestral, o Grande Kung Lao. Depois de derrotar Goro, Kung Lao exigiu saber a localização de Kitana, Goro disse que ela estava no Coliseu mas logo seria derrotada. Enfurecido pelas palavras de Goro, Liu Kang o nocauteou.
Mortal Kombat X (HQ)
Goro aparece pela primeira vez nos flashbacks de Kotal Kahn, que mostra ele e Shao Kahn massacrando o povo de Osh-Trekk (povo do Kotal Kahn).
No presente, Goro foi enviado pelo novo imperador do Outworld para caçar os traidores do império, Reiko e Mileena. Contudo, apesar de Goro conseguir localiza-los no Deserto Dourado, ele é persuadido por eles com a promessa de restaurar os Shokans e sua glória em troca da morte de Kotal Kahn.
Goro discute com Reiko uma estratégia para atrair Kotal Kahn, assim como uma armadilha para seu pai, Kotal K'etz. Enqaunto Rain bloqueia o sol para enfraquecer os Osh-Tekks, os mercenários da Red Dragon contratados por Reiko o ajudariam com armamento e tecnologia, Goro ficaria no lado de fora da Fortaleza de Reiko e Mileena enquanto K'etz se aproximava com seu exército, caindo na armadilha de Reiko. Kotal K'etz declara Goro um traidor e o ataca usando o martelo de Shao Kahn, arrancando vários dentes de Goro.
Desafiando K'etz para fazer melhor, Goro usa uma bola de fogo e um chute baixo para pegar K'etz desprevenido enquanto Mavado e o Red Dragon atacam as forças de K'etz. Goro bate a cabeça de K'etz contra uma rocha e diz que seu filho (Kotal Kahn) não é uma ameaça, e usa o martelo de Shao Kahn para esmagar a cabeça de K'etz, matando-o.
Goro se reuni com Mavado e os mercenários do Red Dragon, com Rain ao seu lado, que informa á eles que Kotal Kahn esta se aproximando. Goro declara que Kotal Kahn morrerá assim como seu pai, pelas suas mãos.
Mais tarde, Goro observa enquanto Kotal se aproxima. Goro ordena á Rain que ele bloqueia o sol para diminuir os poderes de Kotal, mas quando Rain forma mais nuvens no céu, Kotal é capaz de descer um raio de luz sobre ele, mostrando que seus poderes não foram afetador porque ele usou a mágica do sangue, se cortando com a lâmina do kamidogu. Sem se preocupar com Rain, Goro ordena aos mercenários do Red Dragon que ataquem Kotal, mas todos são mortos com um único ataque, e Kotal desafia Goro para um combate.
Goro aceita, comandando ás forças restantes que fiquem atrás dele. Goro diz que Shao Kahn nunca deveria ter permitido aos Osh-Tekks ficassem vivo, e seria melhor se os Shokans assumissem o trono, e ataca Kotal com uma bola de fogo. Kotal cai ferido no chão e tenta se levantar, mas Goro o chuta de volta para o chão, antes de levanta-lo pelo pescoço. Goro ri de Kotal, dizendo para ele resistir e morrer de uma forma digna, assim como seu pai.
Contudo, esse foi o erro fatal de Goro, enquanto ele o levantava, Kotal agarrou os braços de Goro e os arrancou, se libertando. Goro agoniza de dor e Kotal usa sua espada para arrancar os braços restantes. De joelhos, Goro pede que Kotal o mate pois um Shokan viver sem seus braços é uma humilhação.
Kotal considera a ideia mas nega, declarando que isso seria um ato de "bondade" proibido pelos Shokans.
Depois Goro é visto envergonhado diante de seu pai e rei dos Shokans, Rei Gorbak. Ao invés de executa-lo por seu fracasso, Gorbak cai em lágrimas e oferece a Goro uma chance de se levantar. Goro pede que ele o mate, pois naquele momento ele era um príncipe inútil para sua raça, mas Gorbak se nega e proclama que os Shokans não irão mais sofre nas mãos dos Osh-Tekks, e diz ao seu filho que ele tem um exército preparado liderado por Kintaro para atacar Kotal Kahn quando ele estiver fraco.
O pai de Goro falha em matar Kotal Kahn e acaba perdendo sua vida. Goro presencia a cremação de seu pai quando Kintaro se aproxima dele e diz que em suas condições, ele não tem direito ao trono dos Shokans, e um torneio será iniciado por seu lugar. Goro pergunta se ele poderia entrar e Kintaro o avisa do perigo, dizendo que agora seu pai não estava lá para protege-lo. Goro parte mas diz claramente que irá voltar, e todo Shokan desleal á ele irá implorar por piedade, e nenhuma será mostrada. Com isso, Goro parte de Kuatan montado em uma besta.
Mortal Kombat X
Apesar de aparecer na HQ, Goro só aparece como um personagem DLC do jogo e não tem parte na história do jogo. Contudo, ele é o sub-boss da torre clássica.

Características de combate
Goro é um dos guerreiros mais poderosos de Mortal Kombat, sendo o campeão invicto de nove torneios seguidos, e conseguindo derrotar o Grande Kung Lao logo na primeira tentativa, algo que nem Shang Tsung em sua juventude foi capaz de conseguir. Ele também serve como comandante do exército de Shao Kahn, acabando com rebeliões e conquistando quantos reinos conseguisse pelo imperador.
O estilo de luta de Goro envolve tirar vantagem do inimigo com sua força brutal e sua surpreendente agilidade. Nos primeiros jogos, Goro tinha uma vantagem enorme sobre todos os personagens, seus golpes davam muito mais dano que os outros personagens, tornando muito difícil derrota-lo no primeiro jogo. Nos jogos 3D ele ficou um pouco mais balanceado, sendo poderoso mas lento. Sendo meio-dragão, Goro tem poderes de fogo, e assim como Kintaro, ele pode cuspir projéteis de fogo ou solta-los de sua mão.
Movimentos de finalização
Mortal Kombat Trilogy:

Mortal Kombat Deception:
Mostal Kombat Shaolin Monks:


Mortal Kombat 9
Mortal Kombat X
Endings:
Mortal Kombat Deception:
Mortal Kombat Armageddon:
Mortal Kombat X: