terça-feira, 23 de dezembro de 2014

A Controvérsia de Hatred

Hatred é um jogo de tiro em terceira pessoa para PC, o jogo foi desenvolvido pela Polish Studio Destruction Creations e seu lançamento esta marcado para 2015. Devido ao tema controverso do jogo que envolve um genocídio de inocentes e de policiais, o jogo se tornou alvo de uma grande controvérsia, principalmente devido ao fato do jogo estar disponível na Greenlight da Steam.
Em 16 de Outubro de 2014, a Destruction Creations anunciou o jogo Hatred lançando um teaser do jogo no YouTube, que mostrava cenas da gameplay do jogo e o protagonista se armando e matando pessoas inocentes logo depois de sair de sua casa, o que fez o jogo ser considerado "controverso" por diversos críticos.

Gameplay
No jogo, o jogador assume o papel de um protagonista vilão que começa um genocídio em massa com o objetivo de "limpar" a sociedade, matando inocentes, policiais e militares, o jogo é associado ao jogo Postal. De acordo com os desenvolvedores do jogo, a reação que as pessoas tiveram do jogo é um exemplo do zeitgeist dos jogos atuais. que foca em coisas coloridas e no politicamente correto. (Zeitgeist é um termo alemão que significa o conjunto do clima intelectual e cultural do mundo, numa certa época, ou as características genéricas de um determinado período de tempo)
Envolvimento da Epic Games
Em 16 de Outubro de 2014, o dia do lançamento do trailer do jogo, a Epic Games, criadora da Unreal Engine pediu á Destructive Creations remover o logo da sua empresa de qualquer material envolvido á Hatred. Os desenvolvedores do jogo disseram "A Epic Games não esta envolvida com o desenvolvimento desse projeto. Unreal Engine 4 esta disponível para o uso do público geral para 'qualquer propósito legal', e nós explicitamente não exercemos nenhum tipo de controle criativo ou censura nos nossos projetos. Contudo, o vídeo mostra a marca da Unreal Engine 4 sem a permissão da Epic Games, e nós fomos pedidos para retirar seu logo do nosso produto."
Steam Greenlight
Em 15 de Dezembro, Hatred foi colocado na Greenlight e em menos de 10 horas ja estava entre os 10 jogos mais votados da Greenlight, mas mais tarde no mesmo dia, a Valve retirou o jogo do ar e mandou um e-mail dizendo que "Baseado no que vimos na Greenlight, concluímos que Hatred não deve ser publicado na Steam [...] e por isso, nós retiraremos o jogo do ar."
Pouco depois disso o jogo já não estava disponível na Greenlight devido ao seu conteúdo violento. Em resposta a Destruction Creations mandou uma mensagem aos fãs de Hatred:
"Queridos fãs de Hatred,
Como sabem, nós fizemos uma campanha na Steam Greenlight para o lançamento de Hatred. Mas pouco tempo depois a equipe da Steam nos mandou um e-mail dizendo que o jogo foi retirado  do ar devido ao seu conteúdo violento.
Mesmo sabendo que outros jogos de conteúdo semelhante como Postal e Manhunt estão disponíveis na Steam, nós respeitamos sua decisão. Mas nós queremos informar que isso não afeta o desenvolvimento do nosso jogo, e ele ainda será lançado em 2015.
Sobretudo nós não encaramos isso como um fracasso, pelo contrário, nós ficamos felizes ao ver que nós recebemos um grande apoio da comunidade. Em seu pouco tempo disponível na Steam, Hatred recebeu 13,148 votos a favor de seu lançamento e ficou em sétimo lugar entre os 10 jogos mais votados.
Essa é a melhor prova de que há milhares da fãs de Hatred por aí esperando pelo lançamento do jogo, e nós vamos entregar á eles um jogo desafiador e emocionante.
Toda essa situação só nos empurra para frente e nós não vamos desistir, e nós também queremos providenciar uma pré-ordem de Hatred, como vocês tem pedido.
E no fim dessa história, são vocês gamers quem vão nos dizer se somos capazes de lançar um jogo que seja simplesmente divertido de se jogar.
Equipe da Destruction Creations."
Restabelecimento na Steam
Mas no dia seguinte Hatred foi colocado de volta e os desenvolvedores receberam um pedido de desculpas do próprio Gabe Newell.
"Ontem me disseram que Hatred foi retirado da Steam Greenlight. Como eu não fui informado disso, eu fui descobrir porque nós fizemos isso, e cheguei á conclusão que essa não foi uma boa decisão, e estamos colocando Hatred de volta. Minhas sinceras desculpas á você e sua equipe. Steam é uma ferramenta criada para ajudar criadores e jogadores."
Página do jogo na Steam Greenlight